Entertainment

Schwarzenegger envia mensagem direta aos seus amigos russos: “o vosso governo está a mentir-vos” – Showbiz


Evocando o seu estatuto como lenda do cinema e do “bodybuilding”, Arnold Schwarzenegger dirigiu-se esta quinta-feira diretamente ao povo e os soldados da Rússia a servir na Ucrânia enquanto “amigo e admirador” para revelar o que lhes está a ser escondido pelas autoridades do Kremlin.

O VÍDEO.

Num vídeo de quase 10 minutos legendado em russo partilhado em todas as suas redes sociais, incluindo num canal criado de propósito no Telegram, Schwarzenegger começa por recordar a sua própria admiração pela Rússia, quando conheceu em 1961 o herói que o inspirou para a sua carreira no culturismo: o desportista russo Yuri Vlasov, “o primeiro ser humano a levantar 200 quilos acima da sua cabeça”.

Sempre acompanhado por imagens de arquivo, acrescenta que a sua ligação como a Rússia se aprofundou com as visitas por causa da sua carreira, tanta no “bodybuiling” como dos filmes, incluindo um reencontro com Vlasov durante a rodagem de “Inferno Vermelho”(1987), o primeiro filme americano a receber autorização para filmar na Praça Vermelha.

“Inferno Vermelho”

” data-title=”Schwarzenegger envia mensagem direta aos seus amigos russos: “o vosso governo está a mentir-vos” – SAPO Mag”>

“Inferno Vermelho”

Após explicar o afeto e respeito que tem desde a adolescência pelo povo da Rússia, Schwarzenegger diz ter esperança que os seus ouvintes o deixem “dizer a verdade sobre a guerra na Ucrânia e o que está lá a acontecer”.

Garantindo que fala com a mesma preocupação de quando se dirigiu ao povo americano sobre os acontecimentos em Washington a 6 de janeiro de 2021, a estrela procura desmontar nos minutos seguintes os argumentos divulgados pelas autoridades do Kremlin sobre a “desnazificação” da Ucrânia ou que foi este país que começou a guerra.

Sempre separando o poder do Kremlin da vontade do povo russo, muitas imagens de bombardeamentos, refugiados e ações militares acompanham as palavras sobre uma “crise humanitária”, a reação internacional e as consequências do isolamento da Rússia, sem esconder que também já perderam a vida milhares de soldados e muito equipamento militar foi destruído ou abandonado.

Schwarzenegger acrescenta que muitos foram enviados para lutar enganados e como essas mentiras sobre a guerra podem destruir um homem física e psicologicamente para sempre, dando o exemplo do seu pai quando lutou pela Alemanha Nazi durante a Segunda Guerra Mundial no cerco a Leninegrado (atual São Petersburgo).

“Aos soldados russos a ouvir esta gravação, vocês sabem muita da verdade de que tenho estado a falar. Viram com os vossos próprios olhos. Não quero que fiquem destruídos como o meu pai. Esta não é a guerra para defender a Rússia que os vossos avós ou bisavós lutaram. Esta é uma guerra ilegal”, explicou.

“As vossas vidas, os vossos membros e o vosso futuro estão a ser sacrificados por uma guerra sem sentido condenada pelo mundo inteiro”, reforçou.

Na parte last, Schwarzenegger crítica os governantes que lançaram esta guerra pela sua ambição, recorda que 11 milhões de russos têm ligações familiares com a Ucrânia, e pede aos cidadãos e soldados que percebam a propaganda que lhes está a ser dirigida, antes de dizer ao presidente Putin que ele começou a guerra, está a comandá-la e pode pará-la.

O ator fecha com uma mensagem aos russos a protestar contra a guerra: “O mundo viu a sua bravura. Sabemos que vocês sofreram as consequências da vossa coragem. Vocês foram presos. E vocês foram espancados. Vocês são os meus novos heróis”.





Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.