Sports

Inglaterra: Aston Villa, com o regressado Coutinho, empata com Manchester United



O brasileiro Philippe Coutinho regressou em grande ao futebol inglês, marcando o golo que valeu hoje o empate ao Aston Villa na receção ao Manchester United, por quem o português Bruno Fernandes bisou.

O jogo, da 22.ª jornada da Liga inglesa de futebol, terminou com 2-2 e confirma a crise de resultados do United, hoje sem Cristiano Ronaldo, que está lesionado e nem sequer entrou na ficha de jogadores disponíveis.

Bruno Fernandes foi dos melhores elementos dos ‘red devils’ no Villa Park, em Birmingham, e inaugurou o marcador aos seis minutos, a passe do brasileiro Alex Telles. Seria também o médio luso a marcar o segundo, aos 67 minutos, agora com assistência de Fred, também brasileiro.

Jacob Ramsey reduziu aos 77 e para o último quarto de hora foi muito claro que os ‘villains’ ainda acreditavam na reviravolta, pressionando fortemente o adversário.

O ‘herói’ do jogo acabou por ser o carioca Philippe Coutinho, lançado na partida aos 68 minutos, no que foi a sua estreia pelo Aston Villa.

Philippe Coutinho, um dos mais bem-sucedidos jogadores ‘canarinhos’ da geração atual, começou a época no FC Barcelona e soma no palmarés diversos troféus ao serviço do ‘Barça’, Bayern, Liverpool e Inter.

Desde que se transferiu do Liverpool para o FC Barcelona, em 2017/2018, que Philippe Coutinho não jogava na Premier League, e o regresso foi bem conseguido, com o golo do empate aos 82 minutos, a concluir uma jogada brilhante do ataque ‘villain’, com passe ‘de morte’ de Ramsey.

O Manchester United, que contou com Diogo Dalot a titular, prossegue o seu ‘calvário’ e depois da derrota em casa ante o Wolverhampton volta a ‘encalhar’, passando a ter 32 pontos, já a 24 do líder Manchester City.

Na classificação, é somente sétimo, fora dos lugares de apuramento para as competições europeias.

Quanto ao Aston Villa, 13.º, com 23 pontos, confortavelmente 10 pontos acima da linha de descida.

Mais cedo, o Wolverhampton, treinado por Bruno Lage e com seis portugueses no onze inicial, venceu o Southampton por 3-1 e subiu ao oitavo lugar, a um ponto do United, mas menos dois jogos disputados.

O guarda-redes José Sá, os defesas Nelson Semedo e Toti Gomes, o médio João Moutinho e os avançados Podence e Trincão jogaram de início, enquanto Fábio Silva alinhou nos minutos finais.

Ao início da tarde, um golo do Kevin de Bruyne bastou para dar ao Manchester City um importante triunfo sobre campeão europeu Chelsea, deixando os ‘blues’, provisoriamente segundos classificados, já a 13 pontos de distância.

João Cancelo, titular nos ‘citizens’, tal como Bernardo Silva, lançou a decisiva cavalgada do belga, aos 70, culminada com um remate em arco, ainda antes da meia-lua.

O Manchester City tem 56 pontos, o Chelsea 43 e o Liverpool 42, embora com dois jogos a menos.

Também hoje, Newcastle e Watford empataram 1-1, enquanto o Norwich venceu o Everton por 2-1, com o Burnley-Leicester a ser adiado devido à pandemia de covid-19.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.