Entertainment

De Ana Bacalhau a Marco Rodrigues: concerto em Coimbra vai apoiar vítimas da guerra na Ucrânia – Showbiz



“Tomamos a decisão de organizar uma iniciativa percebendo que estávamos em presença de algo que iria ser, infelizmente, duradouro e algo que iria ter consequências terríveis, sobretudo para aquele povo que está na Ucrânia, designadamente os ucranianos”, disse hoje, numa conferência de imprensa, o presidente da direção do Coro dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra, Paulo Oliveira.

Por isso, a Câmara Municipal de Coimbra, a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e o Coro dos Antigos Orfeonistas decidiram organizar “um evento solidário destinado a apoiar as vítimas [da guerra na Ucrânia]”.

O concerto solidário contará com a presença de Ana Bacalhau, André Sardet, Cláudia Pascoal, Fado de Coimbra, João Pedro Pais, Marco Rodrigues, Maria Inês Graça, Coro dos Antigos Orfeonistas da UC e Rita Guerra.

O concerto “Somos Todos Ucrânia – Estamos Juntos” conta ainda com a presença do artista plástico Nuno Pedreiro que, durante o espetáculo, vai estar a pintar um quadro que será leiloado, com o mesmo propósito de apoiar o povo ucraniano.

Vai ser aberta uma conta solidária para a recolha de todos os apoios para ajudar as vítimas da guerra.

“O valor que for obtido em resultado do espetáculo e todas as ofertas que conseguirmos obter será entregue à senhora embaixadora da Ucrânia”, acrescentou Paulo Oliveira.

“Esse valor destina-se exclusivamente para apoiar vítimas da guerra. Não se destina, de forma alguma, a envolver essa importância em quaisquer ações de natureza bélica”, frisou.

O concerto vai ser transmitido em direto para a Ucrânia, acompanhado de um tradutor para fazer a tradução das intervenções ao vivo.

No final do espetáculo vai estar à venda espumante, que se tratava de uma exportação para a Ucrânia, que devido à guerra não foi possível efetuar, sendo por isso, a sua comercialização revertida com o mesmo propósito.

Os bilhetes, com o custo entre 10 e 15 euros, já estão à venda na bilheteira do Convento São Francisco (a funcionar de segunda-feira a domingo, entre as 15:00 e as 20:00) e estão também, disponíveis ‘online’ nas plataformas BOL.

O espetáculo terá a duração de cerca de “pouco mais de duas horas”, e terminará com o hino da Ucrânia.

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, deu nota que, também no dia 25 de março, está previsto outro concerto solidário – “Uma carrinha para a Ritinha” – em Coimbra, e por isso, faz um apelo “muito particular à solidariedade de Coimbra para encherem os dois concertos”.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 726 mortos e mais de 1.170 feridos, incluindo algumas dezenas de crianças, e provocou a fuga de cerca de 4,8 milhões de pessoas, entre as quais três milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.



Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.