Sports

A BOLA – Governo critica dono do Manchester City (Manchester City)


Depois das sanções aplicadas a Roman Abramovich, no âmbito da invasão da Rússia à Ucrânia, o Governo britânico aperta, agora, o cerco ao Manchester City.

 

O ministério dos Negócios Estrangeiros, através de declaração enviada à publicação The Athletic, manifestou-se contra a receção oficial dos Emirados Árabes Unidos (EAU) ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, na qual esteve presente o xeque Mansour, dono do Man. City, na qualidade de vice-primeiro ministro do EAU.

 

«O Reino Unido defende que, na ausência de comportamento do regime sírio, qualquer fortalecimento de laços prejudica a perspetiva de paz na Síria», lê-se na comunicação. O representante do Reino Unido, Jonathan Hargreaves, vincou a importância de se continuar a dar passos para responsabilizar Assad, aliado de Vladimir Putin, pelos «inúmeros crimes».
 





Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.